Como é a pontuação dos Bancos em

Influencie seu banco dizendo o que você pensa a respeito de suas políticas e práticas em investimentos

Todas as informações sobre o tema Direitos Humanos

A Organização das Nações Unidas, em seus "Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos" (UNGPs, na sigla em inglês), afirma que as empresas devem respeitar os direitos humanos, investigar sua participação em violações destes e estabelecer processos a fim de neutralizar ou compensar quaisquer danos ocorridos por essas violações. Os bancos, por meio de suas políticas de investimento, podem influenciar positivamente o cumprimento dos direitos humanos.

Recentemente, um Grupo de Trabalho sobre Empresas e Direitos Humanos da ONU levantou casos de violações de direitos humanos relacionados ao setor energético, à indústria extrativa, ao agrobusiness e à construção civil no Brasil. Apesar da legislação nacional oferecer instrumentos para responsabilização de empresas por violações de direitos humanos, tais mecanismos não impedem o desrespeito a esses direitos.

De maneira geral, os bancos analisados descrevem certos requerimentos que as organizações nas quais investem devem cumprir a fim de garantir o respeito aos direitos humanos, principalmente pela adesão das instituições a políticas e padrões internacionais, como os Princípios do Equador. Tal fato pode ser evidenciado pela adoção por parte do Banco Votorantim destes princípios para suas operações de project finance ao comparar os três bancos com patamar inferior de ativos.

No entanto, nota-se que houve pouca mudança. Os bancos poderiam ser mais claros quanto aos elementos relacionados a direitos humanos que utilizam para orientar suas políticas de investimento. Entre as principais lacunas estão a falta de políticas que prevejam a participação de comunidades e povos indígenas no desenvolvimento dos empreendimentos com alto impacto socioambiental, além de políticas que definam requisitos não apenas para seus investimentos em crédito corporativo e project finance.

Caro cliente de banco, você tem o poder, participe!

Nos ajude a engajar e melhorar as políticas e práticas dos bancos brasileiros. Compare o desempenho do seu banco com o de seus concorrentes. Se você está insatisfeito, notifique aqui seu banco. Ou porque não mudar para um banco melhor? Participe!

Obrigado por compartilhar

Sua mensagem foi enviada com sucesso

×