Como é a pontuação dos Bancos em

Influencie seu banco dizendo o que você pensa a respeito de suas políticas e práticas em investimentos

Todas as informações sobre o tema Direitos Trabalhistas

Empresas e governos têm a responsabilidade de proteger as pessoas em seu ambiente de trabalho, garantindo-lhes um ambiente seguro e saudável, sem discriminação, com justa remuneração e carga horária adequada, além do respeito aos direitos trabalhistas.

Apesar da abrangente legislação trabalhista brasileira, ainda são comuns ocorrências de violações de direitos trabalhistas, até mesmo em grandes empresas e suas cadeias produtivas. Em 2015, mais de mil pessoas foram retiradas de condições análogas à escravidão no Brasil. Os setores com as maiores concentrações de resgate de trabalhadores foram mineração (31%), construção civil (18%), agricultura e pecuária (15 e 14%). Salvaguardas trabalhistas nas políticas dos bancos podem contribuir para a garantia de tais direitos pelas empresas, incluindo seus terceirizados e fornecedores.

A pontuação da maioria dos bancos é razoável, destacando que esta pontuação é majoritariamente explicada pela abrangência da legislação trabalhista brasileira. Além de exigir o cumprimento de inúmeros requisitos mínimos, a legislação também facilita a inclusão de outros elementos sobre o tema nas políticas de investimento dos bancos.

Os bancos atingiram um nível satisfatório de exigência quanto aos Padrões de Desempenho do IFC, aplicados às operações de project finance sob o escopo dos Princípios do Equador, que previnem trabalho forçado e discriminatório. Entretanto, como o tema está presente na agenda dos bancos há bastante tempo, há a oportunidade de que sejam aperfeiçoadas suas políticas, incluindo novos requisitos que incentivem as empresas e governos a avançarem na implementação de boas práticas trabalhistas, não se limitando à legislação vigente.

Caro cliente de banco, você tem o poder, participe!

Nos ajude a engajar e melhorar as políticas e práticas dos bancos brasileiros. Compare o desempenho do seu banco com o de seus concorrentes. Se você está insatisfeito, notifique aqui seu banco. Ou porque não mudar para um banco melhor? Participe!

Obrigado por compartilhar

Sua mensagem foi enviada com sucesso

×