Como é a pontuação dos Bancos em

Influencie seu banco dizendo o que você pensa a respeito de suas políticas e práticas em investimentos

Todas as informações sobre o tema Direitos Humanos

A Organização das Nações Unidas, em seus "Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos" (UNGPs, na sigla em inglês), afirma que as empresas devem respeitar os direitos humanos, investigar sua participação em violações destes e estabelecer processos a fim de neutralizar ou compensar quaisquer danos ocorridos por essas violações. Os bancos, por meio de suas políticas de investimento, podem influenciar positivamente o cumprimento dos direitos humanos.

De maneira geral, os bancos analisados descrevem certos requerimentos que as empresas nas quais investem devem cumprir a fim de garantir o respeito aos direitos humanos. No entanto, poderiam ser mais claros quanto aos elementos relacionados a direitos humanos que utilizam para orientar suas políticas de investimento.

Somente Itaú e Santander citam explicitamente os UNGPs, que serviram de inspiração para suas respectivas políticas em direitos humanos.

Entre as principais lacunas das políticas dos bancos estão a falta de políticas que prevejam a participação de comunidades e povos indígenas no desenvolvimento dos empreendimentos com alto impacto socioambiental, além de políticas que definam requisitos não apenas para seus investimentos em crédito corporativo e project finance

Os bancos públicos, BB, BNDES e Caixa se diferenciam pois demandam que as companhias que recebem seus financiamentos estabeleçam ou participem de mecanismos efetivos de queixa para indivíduos e comunidades que sejam impactadas negativamente por projetos. BNDES e Caixa também têm uma preocupação especial com o entorno de projetos que não foi identificada nos outros bancos.

Itaú e Safra mencionam explicitamente os direitos das crianças nas políticas para as empresas que financia ou em que investe. O BNDES menciona claramente direitos das mulheres.

Caro cliente de banco, você tem o poder, participe!

Nos ajude a engajar e melhorar as políticas e práticas dos bancos brasileiros. Compare o desempenho do seu banco com o de seus concorrentes. Se você está insatisfeito, notifique aqui seu banco. Ou porque não mudar para um banco melhor? Participe!

Obrigado por compartilhar

Sua mensagem foi enviada com sucesso

×