Como é a pontuação dos Bancos em

Influencie seu banco dizendo o que você pensa a respeito de suas políticas e práticas em investimentos

Todas as informações sobre o tema Igualdade de Gênero

O tema “Igualdade de Gênero” leva em consideração as políticas dos bancos sobre igualdade salarial, assédio e representatividade das mulheres nos cargos da alta administração. Os pontos também são atribuídos se o banco colocar requerimentos relativos ao tema para as empresas na quais investe ou que financia. É um tema de crescente importância e muito debatido, dada a participação minoritária de mulheres em cargos de poder e a discriminação que sofrem.

Todos os bancos têm uma pontuação ruim no tema porque, de fato, há poucas políticas efetivas que busquem igualdade de gênero, tanto na estrutura interna das instituições financeiras quanto nas empresas por ela financiadas. No entanto, todos têm políticas que demonstram tolerância zero com todas as formas de discriminação de gênero e assédio. Entre eles, o BNDES é o que possui políticas próprias que garantem a igualdade de gênero nas empresas financiadas pelo banco.

 

Já os bancos BB, Itaú e Santander são signatários dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (Women’s Empowerment Principles), uma iniciativa da ONU Mulheres que embasa a ação corporativa para promover a igualdade de gênero. Se incentivassem a aplicação dos princípios às empresas para as quais fornecem crédito ou nas quais investem, os bancos pontuariam em outros 3 elementos.

BB, BNDES, Caixa e Itaú participaram no Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça do Governo Federal, uma iniciativa que visava disseminar novas concepções na gestão de pessoas e na cultura organizacional para alcançar a igualdade entre mulheres e homens no mundo do trabalho.

Obrigado por compartilhar

Sua mensagem foi enviada com sucesso

×